Buscar
  • papodesign

Mulheres no Design

Por Clara Fontoura e Mariana Almeida

O post de hoje trata do assunto do #Quintou08: Mulheres no Design.


Quando começamos a falar sobre representatividade das mulheres em toda a sociedade, é recorrente a lembrança de uma dona de casa, cuidando dos filhos e do marido. Mesmo que posteriormente começou-se a alcançar uma maior liberdade, passamos a cair na hiper sexualização ou o espaço que nos era dado, volta-se ainda para atividades domésticas. Isso acontece porque os conteúdos que ganham credibilidade e que chegam até as pessoas são feitos por homens. Um bom exemplo é quando falamos da Bauhaus, que foi uma escola super importante para divulgação do design mundial. Geralmente, as mulheres que conseguiam entrar iam para o lado da produção têxtil, e esta foi uma área muito prestigiada e muito famosa, mesmo assim.


Felizmente, esse cenário vem mudando com frequência, onde muitas conquistas já foram alcançadas e já são bastante visíveis. Hoje temos uma representação muito maior. Somos mais recebidas no mercado de trabalho, temos mais oportunidades, espaço nas faculdades e nos cargos superiores. E por que esta representação é tão importante? Ao longo do nosso processo de crescimento e descobrimento de quem somos, existe uma busca muito grande com o que/quem queremos nos parecer. Quando conseguimos enxergar semelhança em uma pessoa, que está fazendo um trabalho importante ou tendo um cargo como chefe, automaticamente nós conseguimos nos imaginar fazendo a mesma coisa. Um lugar parece muito mais difícil de se chegar, se ninguém como você já chegou lá. Não quer dizer que é impossível, mas sabemos que o caminho é difícil. Por isso, vemos mulheres muito inseridas na sociedade, em cargos diversos e produzindo conteúdo com potenciais muito altos, inspirando outras mulheres ao redor do mundo todo.


Mas, apesar disso tudo, ainda existem muitas barreiras, diferenças e preconceitos dentro da área do Design, por ela muitas vezes ser dominada por homens . Em sua maioria, mulheres são e tem seu potencial, criatividade e inteligência duvidados. Aqui está a importância de sempre manter esse assunto em pauta, sempre batendo nessa tecla. A mudança vem através de questionamentos e insistência. E ainda tem muita coisa pela frente para mudar.


Busque sobre mulheres no Design, apoie o trabalho dessas artistas, fale sobre eles, divulgue. Mostre que existe muita mulher produzindo conteúdo, desenvolvendo produtos, serviços e criando. Mostre que elas existem e que a gente está aqui, presente!



Assista ao vídeo em que trazemos esse assunto: https://www.instagram.com/tv/B9fVwSjgX1F/


 R. Passo da Pátria, 156 • São Domingos/Niterói

  • Instagram
  • Facebook
  • Behance
  • Youtube